domingo, 20 de abril de 2008

METRO EM LEÇA DA PALMEIRA

Recentemente em mais uma visita no âmbito dos“Encontros de Cidadania” Guilherme Pinto foi confrontado com a preocupação de cerca de 60 alunos leceiros em relação à vinda do Metro a Leça.

Pontos a realçar:
GP: "O metro deve vir a Leça, mas é preciso estudar bem os tempos. Não adianta ter metro e não ser utilizado. Se calhar, o melhor é encurtar o circuito"

GP: “O metro é muito seguro. É preferível incomodar uma cidade com um metro do que com uma auto-estrada. O metro iria qualificar a Rua do Sol Poente. A escola teria que ter outro acesso para os pais deixarem os filhos”.


Agora, aquilo que realmente queremos realçar:

Pretendemos uma análise conclusiva face a um traçado definitivo e capaz de servir a população e sustentar o desenvolvimento crescente de Leça da Palmeira. Terminar de uma vez, com o criar de expectativas que dura desde 2003 e que faz com que a população deixe de acreditar e de dar o devido valor a um projecto tão valido como o Metro do Porto.Devemos agir sobre esta questão, todos concordamos e continuamos a concordar com a sua pertinência, é necessário ganhar tempo e capacidade negocial para este projecto, não vão projectos de maior envergadura e reconhecimento a nível nacional dominar o âmbito negocial, como por exemplo o traçado do TGV (a sua passagem ou não pelo Aeroporto Sá Carneiro).

É necessário estudar, pois estude-se e rápido. Divulguem-se os resultados, crie-se opinião pública fundamentada, negoceie-se. Já tarda.


( contribua com a sua opinião, comente e participe no inquérito postado neste blog... faça-se ouvir)

1 comentário:

PS GUIFÕES disse...

Gostei de ter passado por aqui. Espero que continuem. Virei mais vezes.

Carlos Alberto
Guifões